Buscar
  • Baldin Academy

Por que implementar gestão de pessoas no escritório de advocacia?


A gestão de pessoas pode ser definida como um conjunto de métodos e ferramentas, além de práticas para gerenciamento, com o objetivo de alinhar o comportamento da sua equipe de colaboradores, em relação à cultura do escritório.

Assim, as pessoas que compõem o seu time do escritório estarão em harmonia, no que se refere a organização e propósito do escritório. Com isso, poderão melhorar a sua produtividade, agregando valor e um alto desempenho.

O início de um escritório de advocacia

É comum que um escritório de advocacia comece a partir da parceria entre colegas de faculdade, pois, normalmente, tinham um nível interessante de amizade.

No entanto, nesse início, é comum que cada um pegue uma tarefa, e, ao mesmo tempo, todos façam de tudo um pouco.

Logo, essa equipe ficará responsável pelo atendimento ao cliente, realizar pagamentos das contas e outras tarefas.

Entretanto, é perceptível que, com o crescimento do escritório, vemos que essas atividades se tornam mais complexas. Nesse cenário, surge a necessidade de implementar uma gestão de pessoas.

A importância da gestão de pessoas

Ao falar sobre gestão de pessoas, as preocupações não devem ser somente na necessidade de processos seletivos e na admissão ou consequente demissão dos funcionários.

A definição da gestão de pessoas, em suma, está atrelada ao gerenciamento do time, a fim de elevar a performance desses colaboradores.

Logo, a gestão de pessoas está relacionada a capacitação, planos de carreira, benefícios e o desenvolvimento particular.

Desse modo, a principal vantagem de uma boa gestão de pessoas é a diminuição das rotatividades dos colaboradores em seu escritório.

Inclusive, essa gestão é responsável por tornar as equipes mais satisfeitas e produtivas. Porém, embora os efeitos sejam positivos, diversos escritórios ainda não aderiram.

Como implementar a gestão de pessoas?

Existem algumas formas de implementar uma boa gestão de pessoas. Vamos conferir a seguir dicas que podem te ajudar nesse momento.


Inclua planos direcionados aos colaboradores

Alguns fatores desestimulam os colaboradores, como não ter autonomia na execução de suas tarefas, não ter programas de participação e a falta de perspectiva para crescer no escritório.

Esses fatores também acabam sobrecarregando os colaboradores, tornando-os improdutivos.

Dito isso, o escritório que deseja manter o mesmo time, e de forma estável, deve se preocupar com essas questões.

Até porque, gerir esses problemas pode evitar que os atuais profissionais deixem ou troquem de emprego.

Pensando nisso, você deve incluir no escritório planos para os colaboradores, como de carreira, desenvolvimento individual ou até uma certa participação nos lucros.

Destaque as principais habilidades de cada colaborador

A valorização dos seus colaboradores é uma ótima forma de melhorar a produtividade do escritório, que seria o reconhecimento das principais habilidades de cada um.

Isso porque em um único escritório encontramos diversos perfis, que são distintos, e apresentam uma habilidade que merece destaque.

Logo, encontrar formas de reconhecer essas habilidades, bem como a capacidade que cada um desses colaboradores têm.

Com o conhecimento de cada habilidade, você poderá elaborar um planejamento acerca das atividades exercidas pelo escritório, e como cada um pode agregar mais valor, com base nas suas preferências.

Tenha em mente que essa identificação é importante não somente na organização, mas também na contratação.

Se uma pessoa se inscreve para um determinado cargo, mas você entende que ela se encaixa em outro setor, uma proposta pode ser feita.

Gerenciamento das equipes

Após identificar as habilidades individuais dos colaboradores, dependendo da quantidade de pessoas, algumas equipes se formarão.

Para esses casos, a equipe também deve ter uma boa gestão. Com isso, você deve estruturar muito bem como ocorrerá a produção da equipe no dia a dia, mesmo que alguém falte – como aquele que delega tarefas.

Inclusive, quando uma equipe tem uma boa gestão, é possível identificar, de forma prévia, os problemas mais graves.

Além disso, caso alguém esteja apresentando uma certa dificuldade na execução de tarefas, uma pessoa pode ser delegada para incentivar e ajudar, antes que isso ponha em risco o desempenho do escritório.

Nessas situações, um software jurídico faz toda a diferença, além do uso de planilhas jurídicas, auxiliando toda a equipe na entrega de resultados.

A partir disso, você consegue guiar uma equipe para o sucesso, evitando dificuldades no futuro.

Alinhe a equipe com a cultura do escritório

Um ponto primordial ao falar sobre gestão de pessoas é ter um código de cultura no escritório, sendo imprescindível para todas as equipes.

Nesse código de cultura podemos encontrar os objetivos do escritório e as metas, alinhando os colaboradores e integrando alguns preceitos éticos.

Esse documento evita que os integrantes adotem uma postura desrespeitosa ou não condizente com o escritório.

Lembre-se de que os profissionais do seu escritório são representantes dessa empresa, logo, todos devem saber como se comportar ou não em sua vida profissional.

Como a gestão de pessoas alavanca o escritório de advocacia?

Diante do exposto, vemos que a gestão de pessoas é benéfica para o escritório em si e para os colaboradores, tornando, então, o ambiente mais produtivo.

Caso você esteja em dúvida sobre como fazer isso, invista em cursos ou programas de capacitação que possam ajudar você e a sua equipe a implementar a gestão de pessoas, como encontramos na Baldin Academy.

A Baldin Academy oferece diversos conteúdos e programas para ajudar na administração do seu negócio, como o atual curso de Legal Administration.

Nesse programa, você aprende não somente a gerir pessoas, mas também a parte financeira do escritório, marketing jurídico, planejamento estratégico e outros.